Ir para o conteúdo principal

Ministro inaugura telescópios na Madeira para rastrear objetos espaciais

João Gomes Cravinho afirma que "a penetração no Atlântico permite uma capacidade de observação do espaço e a partir do espaço, única em termos europeus"

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasMinistro inaugura telescópios na Madeira para rastrear objetos espaciais

09 de junho de 2021 - Fonte: DGRDN

“A inauguração dos dois telescópios no Pico do Areeiro representa um momento de projeção na capacidade portuguesa de observação espacial", afirmou João Gomes Cravinho na visita ao novo Observatório Ótico instalado na Madeira, integrado na rede nacional e europeia de vigilância e monitorização espacial (Space Surveillance and Tracking).

Para o Ministro da Defesa Nacional, este investimento consolida a importância da localização geoestratégica da Madeira. "Esta penetração no Atlântico, permite-nos uma capacidade de observação do espaço e a partir do espaço, que é única em termos europeus", afirmou João Gomes Cravinho, destacando também o contributo do complexo de observação ótica do Pico do Areeiro para a criação de empregos qualificados e fixação de pessoas nos locais de origem.

Os novos equipamentos são controlados a partir do também recém-inaugurado Centro de Operações Espaciais, nos Açores, e permitem rastrear objetos no espaço e prevenir riscos para o planeta e para os satélites em órbita. "Existe atualmente cerca de um milhão de detritos espaciais que são um perigo tremendo para os satélites, tão importantes na nossa vida quotidiana. Estes telescópios ajudam-nos a controlar o lixo espacial, as suas trajetórias, e a evitar colisões", sublinhou o Ministro, acompanhado pelo Vice-Presidente do Governo Regional da Madeira, Pedro Calado.

​No âmbito do projeto Space Surveillance and Tracking, o Ministério da Defesa Nacional já investiu cerca de 1 milhão e meio de euros nas regiões autónomas. Na Madeira, foram aplicados 700 mil euros, dos quais 470 mil euros nos novos telescópios e as restantes verbas na requalificação do centro de operações local em trabalhos de mitigação do impacto ambiental.

Galeria de imagens


​​

Partilhar
Conteúdo