Ir para o conteúdo principal

Portal da Defesa na Internet
Secretário de Estado Adjunto da Defesa Nacional no Gana

06 de novembro de 2019

O encontro serviu para estreitar laços entre Portugal e o Gana, sobretudo na área da Defesa, onde a Segurança Marítima e as Operações de Paz da ONU são encaradas como prioridades

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasSecretário de Estado Adjunto da Defesa Nacional no Gana

O Secretário de Estado Adjunto da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches, deslocou-se esta segunda-feira, 4 de novembro, ao Gana para uma viagem de trabalho de 4 dias. Entre os pontos fortes da agenda, destaca-se a participação na conferência do Grupo do G7 + Amigos do Golfo da Guiné, que visa assegurar a estabilidade, vigilância marítima e liberdade de navegação nesta sub-região africana.

Perante representantes de vários países, Seguro Sanches destacou a importância do combate às atividades ilegais no mar, tais como a pirataria ou o tráfico de drogas. Para o Secretário de Estado, é essencial “procurar novas ferramentas para reforçar o trabalho de cooperação, de forma a alcançar resultados mais eficazes.” Na sua intervenção, sublinhou o contributo de Portugal, através da “presença permanente e rotativa da Marinha nas águas do Golfo da Guiné, ou através de acordos de Defesa com Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe”.

Seguro Sanches anunciou ainda que o Ministério da Defesa Nacional português está a trabalhar na organização de um seminário internacional, com o objetivo de melhorar a coordenação entre países nos domínios da Segurança e Defesa do Atlântico. “Em breve estabeleceremos o Centro para a Defesa do Atlântico”, revelou.

No âmbito desta viagem de trabalho, o Secretário de Estado Adjunto da Defesa Nacional foi recebido pelo Ministro da Defesa do Gana, Dominic Nitiwul, e pelo Vice-Ministro, Derrick Oduro. O encontro entre os governantes na capital ganesa serviu para estreitar laços entre Portugal e o Gana, sobretudo na área da Defesa, onde a Segurança Marítima e as Operações de Paz da ONU são encaradas como prioridades. Nesse sentido, foi iniciado um processo de negociação para a futura regulação das relações no domínio da defesa entre os dois países.

A par dos encontros políticos, o périplo de Seguro Sanches no Gana incluiu ainda uma visita ao navio francês BCR Somme, onde estão destacados 5 fuzileiros da Marinha Portuguesa para participar até 20 de novembro em treinos militares, ações de apoio a parceiros africanos, bem como operações conjuntas em zonas sensíveis.

Partilhar

Conteúdo