Ir para o conteúdo principal

Regresso antecipado dos militares portugueses no Iraque

​Devido à pandemia da Covid-19, 33 militares portugueses que estão no Iraque e terminavam a sua missão em abril, vão regressar antecipadamente a Portugal, com chegada prevista para o final deste mês.

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasRegresso antecipado dos militares portugueses no Iraque
26 de março de 2020

​Devido à pandemia da Covid-19, 33 militares portugueses que estão no Iraque e terminavam a sua missão em abril, vão regressar antecipadamente a Portugal, com chegada prevista para o final deste mês.

Não havendo condições para assegurar integralmente a saúde das forças no terreno, as autoridades iraquianas decidiram suspender todas atividades de formação e treino das suas Forças Armadas e de Segurança até à segunda quinzena de maio. Por essa razão, foi decidido fazer regressar os 31 militares estacionados no Besmayah Range Complex, a 50 quilómetros de Bagdade e os 2 militares colocados no corpo diplomático da missão.

Atualmente o contingente nacional no Iraque integra 35 militares. Vão permanecer neste teatro de operações 2 militares portugueses que desempenham funções no Kuwait.​

Aceda ao comunicado aqui​.

Partilhar
Conteúdo