Ministro da Defesa impôs crachás a 19 novos agentes da Polícia Marítima

11 de setembro de 2019

O Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, presidiu ao encerramento do 35º Curso de Formação da Polícia Marítima

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasMinistro da Defesa impôs crachás a 19 novos agentes da Polícia Marítima


 

​O Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, presidiu ao encerramento do 35º Curso de Formação da Polícia Marítima, que contou também com a presença da Secretária de Estado da Defesa Nacional, Ana Santos Pinto.
Dezanove instruendos concluíram com sucesso os 17 meses de formação e receberam as insígnias da Polícia Marítima pelas mãos do Ministro da defesa Nacional, da Secretária de Estado da Defesa Nacional, do Chefe do Estado-Maior da Armada e Autoridade Marítima Nacional, Almirante Mendes Calado e do Diretor-Geral da Autoridade Marítima, Almirante Sousa Pereira.
Durante a cerimónia foram também impostas condecorações a agentes da Polícia Marítima que se distinguiram no exercício das suas funções e os novos agentes estagiários da Polícia Marítima, após ouvirem os deveres gerais da Polícia Marítima, fizeram o seu compromisso de honra e foram impostos os crachás da Polícia Marítima.
A  Polícia Marítima é um órgão de polícia criminal, à qual compete garantir e fiscalizar o cumprimento da lei nos espaços nos espaços marítimos sob soberania ou jurisdição nacional e nos demais espaços fluviais sob jurisdição da Autoridade Marítima Nacional, faz parte da sua missão preservar a regularidade das atividades marítimas, a segurança e os direitos dos cidadãos, bem como prevenir e combater a criminalidade, e participar como polícia de especialidade na investigação dos crimes de poluição, no âmbito do transporte marítimo e da segurança da navegação e dos crimes sobre embarcações.

Partilhar

Conteúdo