Major-General Côrte-Real Andrade toma posse como Subdiretor-Geral de Recursos da Defesa Nacional

30 de julho de 2019

A cerimónia de tomada de posse, presidida pelo Ministro João Gomes Cravinho, decorreu esta segunda-feira, dia 29 de julho, no Salão Nobre do Ministério da Defesa Nacional

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasMajor-General Côrte-Real Andrade toma posse como Subdiretor-Geral de Recursos da Defesa Nacional

O Major-General Côrte-Real Andrade é o novo Subdiretor-Geral de Recursos da Defesa Nacional. A cerimónia de tomada de posse, presidida pelo Ministro João Gomes Cravinho, decorreu esta segunda-feira, dia 29 de julho, no Salão Nobre do Ministério da Defesa Nacional.

João Gomes Cravinho salientou a oportunidade de renovação e de “dar nova energia ao valioso e incontornável trabalho desta Direção-geral na estrutura” do Ministério, destacando a profissionalização do serviço militar, o sistema de saúde militar, a Lei das Infraestruturas Militares (LIM) e a Lei de Programação Militar (LPM), como os mais “importantes desafios” colocados no “atual contexto de grande exigência” à Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional (DGRDN).

Uma parte muito significativa do trabalho desta Direção e dos “mais acutilantes” é o recrutamento, a retenção e a reinserção dos militares em regime de contrato e de voluntariado. O Ministro da Defesa Nacional relembrou, por isso, a urgência de uma rápida e eficaz implementação do Plano de Ação para a profissionalização do Serviço Militar, aprovado recentemente.

João Gomes Cravinho sublinhou como outra prioridade de ação da equipa em que fica integrado o Major-General Côrte-Real Andrade, as alterações que devem ser introduzidas no sistema de saúde militar, em linha com as orientações políticas já definidas, e que devem ser encaradas como “uma capacidade necessária para a ação das nossas Forças Armadas”.

Com um vasto currículo profissional e académico, o Major-General Côrte-Real Andrade, Doutorado em Engenharias de Sistemas, Mestre em Sistemas Periciais e licenciado em Ciências Militares (Engenharia), pela Academia Militar acumula experiência de cooperação internacional, em funções operacionais e em representação das Forças Armadas nacionais na NATO e na União Europeia. O seu trabalho com as Forças de Segurança e com as Forças Armadas de parceiros como a CPLP são “mais-valias importantes” para o trabalho que vai desempenhar, sublinhou o Ministro da Defesa Nacional, dando nota de apreço pela dedicação do Tenente-General Cartaxo Alves, que cessa funções, “em assuntos de grande complexidade como a NCI Academy e a aquisição do KC-390”.

O Major-General Côrte-Real Andrade nasceu em Angola em 1962. Já foi subdiretor do Instituto Universitário Militar (IUM) e, desde 2014, diretor do Centro de Investigação do mesmo Instituto. Também dirige, desde 2016, o Curso de Promoção a Oficial General e é diretor e coordenador científico do Mestrado em «Ciências Militares – Segurança e Defesa» e responsável pela Unidade Curricular de Planeamento Estratégico deste mestrado. Do seu percurso profissional, destaca-se ainda o desempenho de funções de comando, direção, chefia, de Estado-Maior e de ensino em diversas Unidades do Exército Português, nomeadamente na Brigada Mecanizada Independente, no Estado-Maior do Exército, na Direção da Arma de Engenharia, no Comando da Logística, no Instituto de Altos Estudos Militares, na Academia Militar e na Escola Prática de Engenharia.

Partilhar

Conteúdo