Ir para o conteúdo principal

Portal da Defesa na Internet
Dia do Exército comemorado em Setúbal

27 de outubro de 2019

O Ministro da Defesa Nacional lembrou o lugar de destaque deste Ramo das Forças Armadas "no imaginário nacional e na configuração de uma nação independente há mais de 900 anos"

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasDia do Exército comemorado em Setúbal

​Na cerimónia comemorativa do Dia Exército, que decorreu na cidade de Setúbal, o Ministro da Defesa Nacional lembrou o lugar de destaque deste Ramo das Forças Armadas "no imaginário nacional e na configuração de uma nação independente há mais de 900 anos".
João Gomes Cravinho, acompanhado pelo Secretário de Estado Adjunto da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches e pela Secretária de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, Catarina Sarmento e Castro, destacou “o papel incontornável que esta instituição desempenha na defesa militar do nosso país", acrescentando que essa relevância não diminuiu e é cada vez maior.
Dirigindo-se aos soldados, antes da parada militar e de uma demonstração de capacidades do Exército Português que teve lugar no Largo José Afonso, em Setúbal, o Ministro da Defesa sublinhou que a base de qualquer estrutura é sempre o elemento mais importante na sua manutenção e preservação, sendo os soldados “a base da estrutura militar” e quem “cumpre hoje grande parte da taxa de esforço em missões consecutivas. “Temos, por isso, na Tutela e em toda a hierarquia do Ramo, a responsabilidade acrescida de procurar respostas que garantam uma base da estrutura saudável e dinâmica, ampliando-a e valorizando-a”, afirmou João Gomes Cravinho, na sua intervenção.
O Ministro destacou ainda o vasto conjunto de missões do Exército, que contribuiu, no plano internacional "para o cumprimento dos nossos compromissos internacionais, em missões das Nações Unidas, da Aliança Atlântica e da União Europeia, em cenários tão diversos como a República Centro Africana, o Afeganistão, o Iraque, o Mali, a Colômbia, a Somália, e também na nossa Europa, no Kosovo ou na Roménia", e em território nacional, no apoio à Proteção Civil, no combate aos fogos rurais, a satisfação de necessidades básicas e melhoria da qualidade de vida das populações.

20191029_Dia do exercito_Setubal.jpg 

No primeiro ato público como Ministro da Defesa Nacional do XXII Governo Constitucional, João Gomes Cravinho assegurou a intenção de, nesta legislatura, permanecer empenhado em “criar incentivos financeiros e de outra natureza”, para recrutar e reter talento nas Forças Armadas, garantindo os efetivos necessários às exigências atuais e sublinhando também continuar empenhado “na valorização da carreira militar e na sua dignificação, que passa também pelo reforço dos apoios aos antigos combatentes e aos deficientes das Forças Armadas”, porque “sem cuidarmos do passado, não saberemos cuidar do futuro”.
As Comemorações do Dia do Exército decorreram entre 19 e 27 de outubro, centradas na cidade de Setúbal, onde foram organizadas um conjunto de atividades de natureza militar, cultural e recreativa, que deram a conhecer o Exército, “uma instituição moderna, credível, de elevada competência e um pilar fundamental da nossa soberania, do nosso contributo para a segurança internacional e no apoio a todos os portugueses”.
Na Cerimónia Militar deste domingo, dia 27 de outubro, que contou com a participação massiva da população da cidade, estiveram as Forças Ligeiras, as Forças Médias, e as Forças Pesadas do Exército, bem como as Forças de Apoio Geral e de Apoio Militar de Emergência. Fizeram ainda parte da formatura as Forças Nacionais Destacadas, incluindo os 221 militares em aprontamento para integrarem a Operação da NATO Resolut Support, no Afeganistão, o efetivo de 180 militares, em aprontamento para a República Centro-Africana, e os militares da 9ª Força Nacional Destacada, que regressou recentemente da missão no Iraque.
Assistiram à cerimónia altas entidades do Estado, civis e militares, autoridades religiosas, personalidades académicas, embaixadores e Adidos Militares e de Defesa de Países Aliados, entre outras individualidades.

Partilhar

Conteúdo