Ir para o conteúdo principal

Comemorações do 103º Aniversário da Batalha de La Lys, Dia do Combatente e 100º Aniversário da Fundação da Liga dos Combatentes

Presidente da República condecora Liga dos Combatentes como Membro Honorário da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasComemorações do 103º Aniversário da Batalha de La Lys, Dia do Combatente e 100º Aniversário da Fundação da Liga dos Combatentes
09 de abril de 2021

​Tiveram lugar, esta sexta-feira, as cerimónias comemorativas do Dia do Combatente, do 103.º aniversário da Batalha de La Lys e do 100.º aniversário da fundação da Liga dos Combatentes (LC).

Durante o período da manhã, no Mosteiro de Santa Maria da Vitória, na Batalha, foi celebrada uma eucaristia em memória dos combatentes falecidos, pelo bispo das Forças Armadas e das Forças de Segurança, D. Rui Valério, seguindo-se a cerimónia militar evocativa, presidida pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

No decorrer do evento, que contou com a presença da Secretária de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, Catarina Sarmento e Castro, e do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Almirante Silva Ribeiro, entre outras entidades, foi ainda inaugurado um Memorial aos Combatentes Batalhenses e deposta uma coroa de flores pelo Presidente da República no Túmulo do Soldado Desconhecido, na Sala do Capítulo do Mosteiro.

Em declarações, Paulo Batista Santos, presidente do Município da Batalha, agradeceu a presença das entidades e afirmou ser “um dia muito importante", não só pela inauguração do monumento, mas também pelo acolhimento da cerimónia dos 100 anos da Liga dos Combatentes.

Liga dos Combatentes condecorada pelo Presidente da República

O Presidente da República condecorou a Liga dos Combatentes, que assinala este ano o seu centenário, como Membro Honorário da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito.

Durante a sessão solene comemorativa do Dia do Combatente e dos 100 anos da fundação da Liga dos Combatentes, que teve lugar durante a tarde na sede daquela instituição, em Lisboa, o Presidente da República afirmou ser “um dia cheio de significado, pois são prestadas duas homenagens: uma aos combatentes, sem os quais não havia Liga dos Combatentes e não havia Portugal; e outra à Liga dos Combatentes, hoje reconhecida com a Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito".

O evento contou ainda com a presença do Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho.


Vídeo


​​

​​

Galeria de imagens


Partilhar
Conteúdo