Ir para o conteúdo principal

Portal da Defesa na Internet
Chegada da 9.ª Força Nacional Destacada no Iraque

17 de outubro de 2019

A 9.ª Força Nacional Destacada do Exército chegou esta quinta-feira, dia 17 de outubro, à tarde à Base Aérea N.º 6, no Montijo, após seis meses de missão na operação Inherent Resolve, no Iraque.

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasChegada da 9.ª Força Nacional Destacada no Iraque

“Fazendo jus ao lema da Brigada de Intervenção, não tenho dúvidas que ‘fama ilustre ficou’ no Iraque e que sempre ficará em todos os teatros operacionais por onde estas mulheres e homens valorosos carreguem as cores nacionais”, declarou o Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, na cerimónia de receção da 9ª Força Nacional Destacada que chegou esta quinta-feira à tarde à Base Aérea Nº6, no Montijo, após seis meses de missão na operação Inherent Resolve.

Para o Ministro Gomes Cravinho, “a presença da coligação internacional no Iraque é extremamente relevante. A capacitação das Forças Armadas e de Segurança iraquianas faz a diferença entre ter este país, da fronteira sul da Aliança Atlântica, à mercê do DAESH e de outros grupos radicais a operar na região ou ter um país com capacidade para garantir a sua segurança. Com um Iraque mais capaz, temos um parceiro que contribui para uma Europa mais segura”.

O Ministro teve a oportunidade de visitar esta Força no Iraque, em julho, e de testemunhar o “vosso profissionalismo, debaixo do sol abrasador de Besmaya. Testemunhei também o imenso apreço dos Iraquianos pelo trabalho dedicado, exigente e especializado dos nossos militares e isso deve-se à excelência do vosso trabalho”.

Sublinhou ainda, perante os familiares presentes, “a flexibilidade, mobilidade e adaptabilidade das Forças Portuguesas” valências muito apreciadas e “que se traduzem já em mais de 2000 militares formados, um pouco por todo o território do Iraque. As nossas Forças contribuem também para a criação de instrumentos de planeamento e de tomada de decisão nas Forças Iraquianas, garantindo-lhes mecanismos que perdurarão”, asseverou.

O contingente que regressou hoje foi rendido pela 10.ª Força Nacional Destacada, que partiu no domingo, constituída por 30 militares - 27 homens e três mulheres - de várias armas e serviços do Exército, que vão dar continuidade ao trabalho de formação das forças iraquianas.​​

Partilhar

Conteúdo