Ir para o conteúdo principal

Ministro da Defesa visita contingente da Polícia Marítima na Grécia

O Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, enalteceu esta segunda-feira o trabalho da Polícia Marítima na Grécia ao serviço da Agência FRONTEX: “Têm honrado o nome do nosso país ao longo destes últimos 7 anos”.

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasMinistro da Defesa visita contingente da Polícia Marítima na Grécia

12 de julho de 2021 - Fonte: AMN

​De visita ao contingente da Polícia Marítima na Grécia, integrado na Operação “Poseidon 2021", João Gomes Cravinho agradeceu aos elementos portugueses o trabalho que tem vindo a ser feito em apoio à Guarda Costeira grega, que, “além de ser uma manifestação de solidariedade, é também um trabalho que é feito pelo nosso interesse coletivo enquanto União Europeia".

A missão de controlo e vigilância das fronteiras marítimas gregas e externas da União Europeia é, para Gomes Cravinho, particularmente tocante “a todos nós como coletivo" e “consubstancia de forma muito palpável" a noção de “união e solidariedade" partilhada entre a União Europeia.

Mostrando-se agradecido pelo “empenho e continuidade", João Gomes Cravinho destacou também o sucesso dos meios utilizados pela Polícia Marítima naquela operação e que já tem vindo a ser adotado por outros países.

Com um contingente composto por 15 elementos, a equipa da Polícia Marítima destacada na Ilha de Lesbos dispõe de duas embarcações, 'Molivos' e 'Nortada' com capacidade para assegurar a realização de patrulhas marítimas e uma viatura de vigilância costeira equipada com radar, câmara térmica e equipamento de visão noturna, a primeira do género a ser utilizada nesta operação.

A Polícia Marítima portuguesa integra a operação conjunta civil 'Poseidon 2021' que, além da cooperação no controlo e vigilância das fronteiras externas da Europa, tem por objetivo o combate ao crime transfronteiriço e a prevenção da migração irregular proveniente da costa ocidental turca com destino à Grécia.

Portugal participa nesta missão da FRONTEX desde 2014 e de forma ininterrupta, desde março de 2017, tendo resgatado 7 065 migrantes e completado 22 494 horas de missão.

De manhã, em Atenas, o Ministro esteve no Centro Internacional de Coordenação da FRONTEX, onde assistiu a um briefing da Guarda Costeira helénica sobre a vigilância de fronteira, tendo terminado o primeiro dia em território grego com um embarque em Molivos para ver a área de operações da Polícia Marítima.

Partilhar
Conteúdo