Ir para o conteúdo principal

Ministra da Defesa na partida de militares portugueses para a Roménia

Helena Carreiras, esteve presente na cerimónia de partida de 183 militares que vão integrar a Força Nacional Destacada (FND) para a operação enhanced Vigilance Activities, da NATO, na Roménia

Portal da Defesa na InternetDefesa NacionalComunicaçãoNotíciasMinistra da Defesa na partida de militares portugueses para a Roménia

15 de abril de 2022 - Fonte: EMGFA

A Ministra da Defesa Nacional, Helena Carreiras, esteve presente na cerimónia de partida de 183 militares que vão integrar a Força Nacional Destacada (FND) para a operação enhanced Vigilance Activities, da NATO, na Roménia.

A cerimónia ocorreu esta sexta-feira no Aeródromo de Trânsito de Figo Maduro, em Lisboa, e foi presidida pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Esta força irá participar em exercícios e atividades de treino com unidades congéneres, num contexto de aprofundamento da presença da NATO e do incremento da sua capacidade de dissuasão e defesa face ao recente agravamento da situação securitária no leste da Europa, com o objetivo de contribuir para o reforço da postura defensiva e dissuasora da Aliança Atlântica na região do Mar Negro, bem como de testar a interoperabilidade das forças num contexto multinacional.

A força foi constituída tendo como base a companhia de atiradores mecanizada de rodas, unidade do encargo operacional da brigada de intervenção do Exército português.

A Força Nacional Destacada tem um efetivo de 201 militares, sendo 198 do Exército e 3 da Marinha, dos quais 182 homens e 19 mulheres. A força tarefa terrestre de operações especiais tem um efetivo de 20 militares. Os 183 militares juntam-se aos restantes, anteriormente projetados para a Roménia.

Galeria de imagens



Partilhar
Conteúdo