Ir para o conteúdo principal

Submarino Tridente regressa após quase 2 meses de missão

O submarino Tridente participou na Operação "Sea Guardian", da NATO, e na Operação SOPHIA, da União Europeia.

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasSubmarino Tridente regressa após quase 2 meses de missão
13 de março de 2020

​Regressou esta sexta-feira a Portugal, o submarino português que tinha partido a 13 de janeiro com 33 militares da Marinha a bordo, para 2 meses de missão no Mar Mediterrâneo.

No âmbito das operações de segurança marítima “Sea Guardian", da NATO, e na Operação SOPHIA, da União Europeia, o submarino Tridente recolheu dados de inteligência, analisou padrões de comportamento e efetuou o controlo do espaço marítimo, reforçando assim o combate ao tráfico de drogas, de armas e de pessoas, bem como a vigilância do tráfego e poluição.

O aparelho comandado pelo capitão-tenente Ribeiro da Paz realizou 43 dias de patrulha, navegou cerca de 900 horas debaixo de água e percorreu mais de 4.500 milhas no Mediterrâneo Ocidental e Central.

Depois da conclusão destas duas missões, os elementos da Marinha participaram ainda num exercício no sul de Espanha com a Marinha Espanhola, realizado pela primeira vez a bordo de um submarino português, que visou treinar a evacuação da guarnição de um submarino imobilizado no fundo do mar. De acordo com o Estado-Maior General das Forças Armadas, após a largada, o Tridente “assentou no fundo da bacia da Base Naval de Cartagena, e treinou a ascensão livre com três militares portugueses".​

Partilhar
Conteúdo