Ir para o conteúdo principal

Portal da Defesa na Internet
Ministro desafia jovens a refletir sobre a defesa

O Ministro da Defesa Nacional participou na abertura da 5ª edição do IDN Jovem, que decorreu em Évora.

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasMinistro desafia jovens a refletir sobre a defesa
27 de novembro de 2019

O Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, participou esta terça-feira, 26 de novembro,​ na abertura da 5ª edição do IDN Jovem, uma iniciativa promovida pelo Instituto da Defesa Nacional, que desafia estudantes de todo o país a elaborar trabalhos, investigações e reflexões sobre temas ligados à segurança e defesa.

João Gomes Cravinho sublinhou que num contexto de mudança bastante rápido e imprevisível em matérias de defesa, as reflexões trazidas pelas gerações mais jovens são “particularmente valiosas" e de “grande responsabilidade" para adequar não só as respostas aos desafios que surgirem, mas também as políticas públicas apropriadas.

Fazendo uma análise ao trabalho que tem sido desenvolvido na Defesa Nacional, o ministro destacou o “elevado conteúdo de conhecimento e a tecnologia de vanguarda" das indústrias de defesa e realçou a importância crescente que estas têm no setor económico nacional e internacional, dando o exemplo da indústria aeronáutica, que “representa quase três vezes mais que a exportação do vinho português". 

A aposta em tecnologias avançadas e em áreas não convencionais como o espaço ou a inteligência artificial e a atualização e modernização das forças armadas são, para João Gomes Cravinho, medidas que Portugal deve tomar para se manter na linha da frente no combate às ameaças híbridas e assimétricas, cada vez mais recorrentes no domínio da defesa. 

O ministro apelou ainda à reflexão sobre a NATO, que este ano celebra o 70.º aniversário, e referiu que Portugal, “um país com vocação transatlântica", vai continuar a trabalhar para “garantir que o desenvolvimento da NATO e a construção de uma nova identidade europeia de defesa aconteçam de forma complementar e harmoniosa".​​​

Partilhar

Conteúdo