Ir para o conteúdo principal

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasMinistra da Defesa Nacional preside ao lançamento da 20.ª edição do Dia da Defesa Nacional
16 de janeiro de 2024

A Ministra da Defesa Nacional, Helena Carreiras, presidiu no dia 11 de janeiro, à cerimónia de lançamento da 20.ª edição do Dia da Defesa Nacional (DDN) que decorreu no Museu do Ar da Base Aérea n.º 1, em Sintra​.

Na edição de 2024, ano em que esta iniciativa completa duas décadas de existência, os centros de divulgação da Defesa Nacional esperam receber, entre 16 de janeiro e 29 de novembro, cerca de 108 mil cidadãos portugueses, nascidos no ano de 2005.

Durante a cerimónia, a Ministra da Defesa Nacional sublinhou a importância do DDN enquanto “elemento de reforço de cidadania e de educação cívica” e “um evento único na aproximação da instituição militar à sociedade portuguesa, em particular à população jovem”.

“O Dia da Defesa Nacional continua a cumprir a sua função por inteiro, na medida em que aproxima efetivamente a Defesa Nacional dos jovens, e permite conhecer o que estes pensam sobre a Defesa Nacional nas suas variadas dimensões”, afirmou Helena Carreiras.

Nesta cerimónia de abertura houve ainda lugar para as intervenções do Secretário de Estado da Juventude e Desporto, do Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, do Diretor-Geral de Recursos da Defesa Nacional e para a apresentação dos resultados globais dos inquéritos realizados no Dia da Defesa Nacional em 2023.

Anualmente, dezenas de milhares de jovens comparecem ao DDN e participam num inquérito que permite conhecer aquela fração da população portuguesa – em 2023 foram mais de 93 mil. Das principais respostas obtidas, extraiu-se que as Forças Armadas são das instituições em que os jovens mais confiam, só superada pela confiança atribuída aos bombeiros. Cerca de 60% dos jovens consideram que os conflitos armados internacionais recentes (por exemplo, na Ucrânia e no Médio Oriente) constituem uma “ameaça importante” para a segurança nacional, embora não uma “ameaça crítica” (17%). Para quase 80% dos inquiridos, o atual contexto de segurança internacional aumentou a importância atribuída às Forças Armadas e 90% concordam com a pertença de Portugal à NATO. Para os jovens portugueses, as Forças Armadas são percecionadas como essenciais para a segurança do País e como uma instituição onde prevalecem valores de disciplina, de solidariedade e de entreajuda.

O Dia da Defesa Nacional é um dever militar a cumprir por todos os cidadãos portugueses, na qual são convocados a partir do ano em que perfazem 18 anos de idade. Visa sensibilizar os jovens para a temática da Defesa Nacional e divulgar o papel das Forças Armadas, a quem incumbe a defesa militar da República, decorrendo ao longo do ano nos centros de divulgação, sedeados, essencialmente, em unidades militares dos três ramos das Forças Armadas. Além de um dever militar e de cidadania consagrado na Lei para todos os jovens portugueses, o DDN é um momento privilegiado para o contacto com as Forças Armadas.


Galeria de Imagens​​


Vídeo 
​​
​​​ ​
Partilhar
Conteúdo