Ir para o conteúdo principal

Helena Carreiras participa na cerimónia de abertura da 3.ª Edição do Colégio de Defesa da CPLP

Ministra fala de um trabalho conjunto, de cooperação “em prol de uma segurança e de uma estabilidade duradouras”

Portal da Defesa na InternetDefesa NacionalComunicaçãoNotíciasHelena Carreiras participa na cerimónia de abertura da 3.ª Edição do Colégio de Defesa da CPLP
19 de setembro de 2022

​Está a decorrer, até dia 23 de setembro, em formato online, a 3.ª Edição do Colégio de Defesa da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Organizada pelo Instituto Universitário Militar de Portugal (IUM), contou, na sua cerimónia de abertura, com uma mensagem vídeo da Ministra da Defesa Nacional.​

Helena Carreiras referiu as ameaças que nos rodeiam, e que não conhecem fronteiras, devendo-nos mobilizar para um trabalho conjunto de reflexão e de construção de estratégias. Pretende-se deste modo impedir que essas ameaças constituam “dilemas de segurança dentro dos contextos regionais em que cada um de nós se insere".

O 3º Colégio de Defesa da CPLP, que foi organizado em cooperação com a Direção-Geral de Política de Defesa Nacional do Ministério da Defesa Nacional, decorre em paralelo com o Curso de Estudos Africanos 2022 e é dedicado à “Geopolítica de África: O papel da CPLP na Segurança Regional". Trata-se de um fórum de formação em assuntos de Defesa, projetado para militares e civis dos Estados Membros da CPLP, que promove a capacitação de oficiais das Forças Armadas, das forças de segurança e de técnicos superiores. Este formato visa impulsionar ainda a cooperação, o intercâmbio e a partilha de conhecimentos e de experiências.

Com vista a promover novas pontes entre os Estados Membros, no que se refere às questões de Defesa na CPLP, Helena Carreiras anunciou que saíram da XXI Reunião de Ministros da Defesa da CPLP, que teve lugar a 25 de maio, na Cidade da Praia, um conjunto de decisões, que estão já a ser trabalhadas e que visam consolidar o trabalho desta “comunidade de ação". Destacou em particular a criação de uma célula CIMIC/CPLP para participação conjunta em operações de paz.

Com a criação desta nova célula, a Ministra da Defesa Nacional afirmou que se pretende garantir formação adequada em áreas específicas de cooperação civil-militar; assegurar a prontidão e a especialização dos elementos que venham a ser formados; favorecer a integração de mulheres, promovendo o seu destacamento para operações de paz e, oportunamente, vir a empregar essas unidades, enquanto parte de uma missão ou de operação das Nações Unidas, considerando, sempre que possível, a sua utilização como parte de destacamentos nacionais.

Helena Carreiras referiu ainda, em relação à criação da nova célula, que se trata de uma iniciativa “em plena consonância com o papel de relevo que o Colégio de Defesa assumiu até à data" e que esta “contribuirá decisivamente para robustecer a cooperação entre os Estados Membros assim como a sua segurança individual e coletiva".​


​Mensagem da Ministra da Defesa na cerimónia de abertura da 3.ª Edição do Colégio de Defesa da CPLP​

Partilhar
Conteúdo