Ir para o conteúdo principal

Prémio Defesa Nacional e Ambiente 2010

​Campo de Tiro de Alcochete - Força Aérea Portuguesa​


“Investimento no futuro”


Esta candidatura tem como pilares principais as atividades desenvolvidas em 2010, tendo sempre em mente dois objetivos: a defesa da floresta e do ambiente e a “celebração" de 2010 como Ano Internacional da Biodiversidade. Assim, multiplicaram-se iniciativas que permitiram a(o):

- Renovação da certificação ambiental (NP ISO 14001);

- Manutenção da certificação florestal FSC;

- Desenvolvimento do processo de certificação florestal PEFC;

- Assinatura de protocolos/parcerias para o desenvolvimento de projetos do ambiente e das florestas, com a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa; Autoridade Florestal Nacional; Tagus Natura; Parques de Sintra; Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves; Universidade de Évora; etc.;

- Reflexão e discussão alargadas sobre as iniciativas e objetivos do Campo de Tiro de Alcochete (CTA) através de um seminário sobre “Ambiente e Floresta";

- Participação na Observanatura 2010 ligada à natureza, turismo e uso sustentável de produtos de natureza;

- Realização de exposições fotográficas e página web sobre o ambiente, floresta e biodiversidade.

Fazendo uma retrospetiva sobre os sucessos obtidos desde então, é da mais inteira justiça admitir que o Campo de Tiro de Alcochete (CTA) não estará muito longe de ver concretizado um objetivo ambicioso – ser visto/considerado uma referência na defesa do ambiente e na gestão sustentável da floresta. É um facto que os inúmeros apoios, protocolos e parcerias firmadas com diversas organizações e entidades atestam a qualidade do trabalho desenvolvido no CTA em prol do ambiente e da floresta e comprovam que é possível conciliar as missões operacionais que aqui se realizam com a manutenção e melhoria do status quo ambiental. As inúmeras visitas que o CTA recebe de associações recreativas, desportivas e culturais, Câmaras e outros órgãos de poder local que aqui se deslocam para usufruírem deste espaço e nele desenvolverem atividades de desporto e/ou lazer, constituem o melhor certificado de que são corretas as práticas do CTA em relação ao ambiente e à floresta.

Assim, para além da certeza do dever cumprido, é particularmente gratificante o reconhecimento e apoio que tem sido dispensado, ficando a certeza que este é o caminho correto na preservação deste espaço, ambiente e biodiversidade. Daí o mote escolhido para esta candidatura ter sido “Investimento no Futuro".

Retirado do livro "25 Anos Prémio Defesa Nacional e Ambiente". Edição: Ministério da Defesa Nacional

Partilhar
Conteúdo