Ir para o conteúdo principal

Força Aérea

A Força Aérea é um Ramo das Forças Armadas, cuja missão principal é participar, de forma integrada, na defesa militar do País e assegurar o cumprimento das missões reguladas por legislação própria

​​​​​​

CEMFA - Chefe do Estado-Maior da Força Aérea

General Piloto Aviador Joaquim Manuel Nunes Borrego​​ tomou posse como Chefe do Estado-Maior da Força Aérea a 26 de fevereiro de 2019.

O Chefe do Estado-Maior da Força Aérea é o comandante da Força Aérea e é o principal colaborador do Ministro da Defesa Nacional e do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA) em todos os assuntos respeitantes à Força Aérea.

 Despacho de nomeação do CEMFA

Missão

Cooperar, de forma integrada, na defesa militar da República, através da  realização de operações aéreas, e na defesa aérea do espaço nacional, assegurando, também, o cumprimento das missões reguladas por legislação própria e das missões de natureza operacional que lhes sejam atribuídas pelo Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas.​

Lei Orgânica da ​Força Aérea

Atribuições

  • Participar nas missões militares internacionais necessárias para assegurar os compromissos internacionais do Estado no âmbito militar, incluindo missões humanitárias e de paz assumidas pelas organizações internacionais de que Portugal faça parte;

  • Participar nas missões no exterior do território nacional, num quadro autónomo ou multinacional, destinadas a garantir a salvaguarda da vida e dos interesses dos portugueses;

  • Executar as ações de cooperação técnico-militar nos projetos em que seja constituída como entidade primariamente responsável, conforme os respetivos programas quadro;

  • Participar na cooperação das Forças Armadas com as forças e serviços de segurança, nos termos previstos no artigo 26.º da Lei Orgânica n.º 1 -A/2009, de 7 de julho, alterada pela Lei Orgânica n.º 6/2014, de 1 de setembro;

  • Colaborar em missões de proteção civil e em tarefas relacionadas com a satisfação das necessidades básicas e a melhoria da qualidade de vida das populações;

  • Cumprir as missões de natureza operacional que lhe sejam atribuídas pelo Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA);

  • Disponibilizar recursos humanos e materiais necessários ao desempenho das competências da Autoridade Aeronáutica Nacional (AAN).

Valores

Lealdade, Integridade, Competência e Excelência.

Visão

Organização coesa, disciplinada, ágil, profissional e competente, centrada na Missão, voltada para a sociedade e focada na defesa, segurança e desenvolvimento de Portugal.

Estrutura Orgânica

​​A organização da Força Aérea baseia-se numa estrutura vertical e hierarquizada, assente em níveis de autoridade hierárquicos, funcionais, técnicos e de coordenação, que procuram consolidar uma capacidade de resposta eficaz e eficiente nas vertentes operacional, logística e de pessoal que compõem a instituição.

O Chefe do Estado-Maior da Força Aérea (CEMFA) é, por inerência, a Autoridade Aeronáutica Nacional, sendo o principal colaborador do Ministro da Defesa Nacional e do Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) em todos os assuntos respeitantes à Força Aérea.

ORGANOGRAMA DA FORÇA AÉREA

Contactos

Relações Públicas

Estado-Maior da Fo​rça Aérea

​Av. da Força Aérea Portuguesa, N.º 1

2614-506 Amadora

Telefone: 351 214 723 509

Email: rp@emfa.pt


  

Para mais informações consultar a página da internet da Força Aérea

​​


Partilhar
Conteúdo