Ir para o conteúdo principal

A gestão e monitorização de informação relacionada com a pandemia COVID-19 nas Forças Armadas


Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasA gestão e monitorização de informação relacionada com a pandemia COVID-19 nas Forças Armadas

13 de maio de 2020 - Fonte: EMGFA

O Centro de Informações e Segurança Militares (CISMIL) do Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA), através da sua Secção Geoespacial, tem desenvolvido, desde o início desta pandemia por COVID-19, ferramentas de recolha, tratamento, monitorização e disponibilização de informação georreferenciada, essencial ao acompanhamento dos apoios dados à população civil em geral, bem como o acompanhamento dos casos de COVID-19 nas Forças Armadas e o seu impacto na capacidade operacional.

Este trabalho tem sido feito em grande parte com recurso à plataforma desenvolvida e mantida pela ESRI, denominada de “Portal for ArcGIS". Esta permite, num curto espaço de tempo, a criação e implementação de fluxos de trabalho na recolha de informação, envolvendo as diversas áreas do EMGFA, não só no âmbito de registo, mas igualmente na disponibilização de informação de apoio à tomada de decisão.

Desta forma, estão atualmente a ser utilizados cerca de 20 quadros de situação, dos quais sete agregam informação relacionada com os seguintes temas:

  • Casos de COVID-19 nas Forças Armadas;
  • Centros de Acolhimento de doentes das Forças Armadas (ocupação e disponibilidade de camas);
  • Registo de doações ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) e consequentes movimentos realizados para a sua distribuição;
  • Registo e visualização dos apoios externos através da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil;
  • Registo e seleção dos voluntários da “Família Militar" e voluntários do SNS;
  • Registo e visualização das equipas de sensibilização/demonstração de desinfeções nas escolas;
  • Registo da entrega de equipamento de proteção individual e gel desinfetante aos estabelecimentos de ensino secundário.

Estas competências na área de Sistemas de Informação Geográfica (SIG) no EMGFA garantem uma rentabilização deste tipo de tecnologias, permitindo uma eficaz condução das operações e, por conseguinte, o seu comando e controlo.

Aceda aqui à página do EMGFA.

Partilhar
Conteúdo