Ir para o conteúdo principal

Presidente da República do Kosovo condecorou Forças Armadas Portuguesas

Em reconhecimento pela prestação dos militares portugueses, no seu país, ao longo de duas décadas

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasPresidente da República do Kosovo condecorou Forças Armadas Portuguesas
29 de outubro de 2021

O Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, recebeu esta sexta feira, a Presidente da República do Kosovo, Vjosa Osmani, que condecorou as Forças Armadas portuguesas em reconhecimento pela prestação dos militares portugueses, no seu país, ao longo de duas décadas (1999-2019). 

O Ministro da Defesa Nacional manifestou que, para Portugal “é um grande prazer poder receber a primeira visita da Presidente de um país para o qual contribuímos para a construção da paz e da estabilidade". 

João Gomes Cravinho realçou que “os laços" entre os dois países, resultantes deste contacto “são profundos" e que estão “muito presentes no espírito das nossas Forças Armadas" e “nas experiências e memórias de todos os que serviram no Kosovo". 

O Ministro da Defesa partilhou ainda o desejo de que no futuro “as nossas forças armadas e nossos povos possam desfrutar das possibilidades de uma maior cooperação e trabalhar juntos para a paz e a estabilidade na região dos Balcãs Ocidentais e no resto do mundo". 

Por sua vez, a Presidente da República do Kosovo agradeceu aos soldados portugueses que contribuíram para a “paz e a estabilidade" no seu país, realçando a sua “dignidade, orgulho, profissionalismo", caraterísticas que deixaram “excelentes memórias a todos os cidadãos do Kosovo" onde se tornaram verdadeiros “guardiães da paz". 

Vjosa Osmani recordou a morte do único militar português que faleceu no Kosovo, tendo a chefe de Estado anunciado que, em sua honra e em “honra de todos os soldados que serviram no país", iniciou os procedimentos para “construir um memorial para relembrar todas as suas vidas e ações". 

A condecoração, agora atribuída pela Presidente da República do Kosovo, é o reconhecimento às Forças Armadas Portuguesas e o evidenciar das grandes virtudes reveladas no exercício do serviço. 

A participação nacional na KFOR (KOSOVO FORCE) foi o principal esforço nacional para a segurança cooperativa no Kosovo no âmbito da Organização do Tratado Atlântico Norte (NATO na sigla em inglês), tendo sido empenhados nesta missão 6873 militares, entre 1999 e 2019.

​Participaram também na cerimónia, no Forte de São Julião da Barra, em Oeiras, o Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Almirante Silva Ribeiro, o Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante Mendes Calado, o Chefe do Estado-Maior do Exército, General Nunes da Fonseca e o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, General Joaquim Borrego e um grupo de militares representantes dos três ramos das Forças Armadas, que serviram no Kosovo.​​​

​​Galeria de imagens


Partilhar
Conteúdo