Ir para o conteúdo principal

Ministro anuncia roteiros da Defesa Nacional

Iniciativa foi revelada por João Gomes Cravinho nas celebrações do Dia da Academia Militar

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasMinistro anuncia roteiros da Defesa Nacional
12 de janeiro de 2020

​A iniciativa foi apresentada pelo Ministro Joao Gomes Cravinho e servirá para promover uma maior aproximação entre as Forças Armadas e a sociedade civil. Através de diversas deslocações pelo país, desenvolvidas em parceria com os municípios e os governos regionais, pretende-se fomentar o debate em torno da Defesa Nacional, envolvendo as vertentes militares, sociais, económicas, educativas e culturais associadas ao setor, que muitos desconhecem.

A primeira edição arranca ainda em janeiro e terá como destinos Vila Real, Lamego e Baião. Será uma oportunidade para reforçar o diálogo “entre decisores e cidadãos, entre os níveis intermédios da administração pública e o poder central, sem esquecer a família militar que faz todos os dias acontecer a Defesa Nacional”, anunciou João Gomes Cravinho durante as celebrações do dia da Academia Militar.

O Ministro presidiu no dia 12 de janeiro às comemorações que assinalaram os 230 anos do estabelecimento de ensino superior militar, que se dedica sobretudo à formação de oficiais destinados aos Quadros Permanentes do Exército e da Guarda Nacional Republicana. “Temos um imenso orgulho na história da Academia Militar e na formação de elevadíssimo nível que aqui tem sido ministrada ao longo da sua existência”, sublinhou.

Entre os 444 alunos a frequentar atualmente a instituição, João Cravinho destacou o aumento das mulheres, que já representam quase 12% da população estudantil. O Ministro diz que é preciso continuar a trilhar estes caminhos, com mais mulheres, em mais especialidades e nas armas combatentes. Defende ainda que se trata de uma questão de princípio de igualdade democrática, “mas é também um desafio importante em termos da melhoria constante das nossas Forças Armadas, pois as mulheres trazem mais valias qualitativas e importantes às fileiras”, afirmou.

Sobre a participação feminina nas Forças Armadas, João Gomes Cravinho recordou também o papel da Academia Militar na implementação do “primeiro curso de formação de formadores de género, em linha com os compromissos assumidos no Plano Setorial de Defesa Nacional para a Igualdade».

Durante a intervenção, o Ministro da Defesa Nacional vincou a contínua presença de alunos de países irmãos de língua portuguesa, “que veem em Portugal um espaço de aprendizagem conjunta, e cuja presença muito nos honra”, fazendo votos “para que este percurso enriqueça as relações entre os nossos países”.
De olhos postos no futuro e em jeito de desafio, João Gomes Cravinho referiu que também a Academia Militar deverá pensar «em novas formas de ir ao encontro dos nossos jovens e de trabalhar com as escolas, porventura em parceria com o Instituto de Defesa Nacional, para apresentar a Defesa Nacional, dar a conhecer, informar e debater».

Vídeo

​​

Galeria de Imagens


Partilhar
Conteúdo