Ir para o conteúdo principal

Inaugurado Monumento aos Antigos Combatentes de Alte em Loulé

O Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, acompanhado pela Secretária de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, Catarina Sarmento e Castro, inaugurou esta terça-feira em Loulé o Monumento aos Antigos Combatentes de Alte

Portal da Defesa na InternetInícioComunicaçãoNotíciasInaugurado Monumento aos Antigos Combatentes de Alte em Loulé
09 de setembro de 2020

O Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, acompanhado pela Secretária de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, Catarina Sarmento e Castro, inaugurou esta terça-feira em Loulé o Monumento aos Antigos Combatentes de Alte.

"Monumentos como este", disse João Gomes Cravinho, "corporizam a nossa homenagem a todos (os militares) que abraçaram e continuam a abraçar o sentido de servir e de dever".

Num evento solene que contou também com as presenças do Presidente da Câmara de Loulé, Vítor Aleixo, do Presidente da Junta de Freguesia de Alte, António Martins e do Presidente da Liga dos Combatentes, General Chito Rodrigues, o Ministro da Defesa Nacional prestou homenagem a todos os portugueses que combateram ao serviço do país, e em particular aos altenses, com a deposição de uma coroa de flores junto à estátua.

"Reconhecer os antigos combatentes é uma dívida que o Portugal do presente tem em relação ao Portugal do passado, e o reconhecimento dessa dívida é uma peça chave para construirmos o país que queremos para o futuro", disse o ministro da Defesa.

 

Sobre o Monumento dos Antigos Combatentes de Alte

O monumento, localizado na rotunda dos combatentes de Alte, consiste numa mesa com uma perna partida, sobre a qual estão assentes um relógio e um capacete.

A mesa representa o local onde se reúne a família e a comunidade e a perna partida simboliza o(s) membro(s) da família ausente(s) na guerra. O relógio não tem ponteiros, significando a paragem do tempo durante a ausência dos membros da família, e também não tem o 11, o número de militares de Alte que perderam a vida na guerra do Ultramar.

Partilhar
Conteúdo