Ir para o conteúdo principal
A comparência no Dia da Defesa Nacional constitui um dever de todos os cidadãos, podendo ocorrer a partir do primeiro dia do ano em que completem 18 anos

​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​O Dia da Defesa Nacional (DDN) é único na vida dos portugueses que completam 18 anos de idade. O Dia decorre entre as 9h00 e as 17h30. As unidades militares onde se realiza o Dia da Defesa Nacional estão localizadas o mais próximo possível da área de residência dos jovens, sendo a alimentação fornecida pelos centros de divulgação da Defesa Nacional. Caso não seja possível chegar por meios próprios, a Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional, entidade responsável pela organização do DDN, providenciará a requisição de transporte público ou disponibilizará um autocarro.​

Jovens com a Bandeira Nacional em primeiro plano
 

A comparência é obrigatória para todos os jovens portugueses que completaram  18 anos, em território nacional ou estrangeiro, e é possível pesquisar aqui a convocação, que é feita também através de editais afixados nas câmaras municipais, nas juntas de freguesia e nos postos consulares. Depois, é só preciso estar presente no Centro ou Núcleo de Divulgação do Dia da Defesa Nacional para o qual são convocados. Quem vive há mais de seis meses fora do país ou quem nasceu e permanece no estrangeiro tem também várias opções para cumprir o dever de comparência ao Dia da Defesa Nacional.

Jovens num Navio
 

Os jovens convocados para cumprirem o seu dever militar têm a oportunidade de conhecer a Defesa Nacional por dentro e o trabalho desenvolvido pelas Forças Armadas. Este é um momento de sensibilização para a importância da Defesa Nacional, o seu caráter multidimensional, com componentes militares e não militares, promovendo uma consciencialização no sentido de reconhecerem que a “Defesa Nacional é um dever de todos”.

Em 2016, o Dia da Defesa Nacional partiu ao encontro dos cidadãos portugueses residentes no estrangeiro. A primeira edição do Dia da Defesa Nacional das Comunidades Portuguesas realizou-se na cidade brasileira do Rio de Janeiro e a segunda edição em São Paulo, em 2017. Boston foi a cidade norte-americana escolhida para assinalar este dia, em 2018, enquanto a capital francesa – Paris – foi palco da edição de 2019 de uma iniciativa que leva para perto dos portugueses, que vivem fora do país, um conhecimento do significado da Defesa Nacional e o trabalho desenvolvido pelas Forças Armadas.

Jovens observam as explicações sobre uma aeronave
 

Desde 2014, os jovens em território nacional têm experimentado um modelo novo do Dia da Defesa Nacional. Com este novo formato reforça-se a ligação à componente militar pela realização numa unidade militar o que permite uma maior interação com o meio envolvente. O Dia da Defesa Nacional conta ainda com participações de entidades representativas das componentes não militares da Defesa, evidenciando o âmbito bem mais alargado e multidimensiona​l em que este dever se insere, a que se juntam um conjunto alargado de parceiros institucionais, que vão dos municípios, às administrações regionais de saúde e ministério da Educação, concorrem neste dia para aprofundar o conhecimento sobre a missão das suas instituições.

Jovens durante o Dia da Defesa Nacional
 

O Dia da Defesa Nacional foi instituído em 2004 como dever militar e de cidadania o Dia da Defesa Nacional. Este dia visa sensibilizar os jovens para a temática da Defesa Nacional e divulgar o papel das Forças Armadas, permitindo uma maior aproximação entre a sociedade civil e a instituição militar, constituindo hoje em dia por vezes a única ocasião de contacto direto da juventude com as Forças Armadas Portuguesas.

​ 

Contactos

Balcão Único da Defesa​

Av. Infante Santo, n.º 49

1399-056 Lisboa ​

Telefone: +351 213 804 200​

Email:

 ddn@defesa.pt

​Internet:

Balcão Único da Defesa

Redes Sociais:

Fac​ebook
Partilhar
Conteúdo